Ipatinga, 7 de Março de 2021
GALERIA DE FOTOS


IPATINGA: "100 DIAS" - Comoção marca ato de protesto pela morte de Rodrigo Neto. Centenas de pessoas participaram na noite desta terça-feira (11) de um ato público para lembrar os 100 dias da morte do jornalista e radialista Rodrigo Neto, executado a tiros no dia 8 de março deste ano. O movimento foi organizado pelo Comitê Rodrigo Neto, grupo de jornalistas criado para acompanhar e cobrar agilidade nas investigações do crime. É a segunda vez que o Comitê promove um evento desta natureza – o grupo havia realizado uma manifestação quando o assassinato completou um mês. Na ocasião, parentes e amigos de Rodrigo, além de dezenas de jornalistas, pediram por justiça nas ruas do Centro de Ipatinga. Em clima de muita comoção, profissionais da imprensa e familiares de Rodrigo Neto, se reuniram no local onde aconteceu o crime: a avenida Selim José de Sales, em frente ao Churrasquinho do Baiano, de onde Rodrigo saía antes de ser morto. Os jornalistas do Comitê decidiram pelo protesto e também pela retomada das ações de cobrança por resposta para este e também outros crimes ocorridos no Vale do Aço. O ato foi marcado por várias atividades, dentre elas a colocação de uma enorme cruz no local do crime. "A cruz vai ficar fincada aqui enquanto o crime não for elucidado", garantiu um jornalista organizador do protesto, que prefere não ser identificado. Para ele "a cruz é um símbolo forte para deixar bem claro que a população do Vale Aço não vai se calar enquanto o crime não apurado". Cruzes menores também foram fincadas no canteiro central da avenida Selim José de Sales e um grande cartaz com a foto do jornalista foi fixado no local. Também houve a distribuição de adesivos com a frase "Rodrigo Neto sua voz não vai se calar". FONTE: http://www.plox.com.br





 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br