Ipatinga, 24 de Novembro de 2017
HISTÓRIA

DEMOGRAFIA

O rápido crescimento de Ipatinga



Evolução demográfica do município de Ipatinga

IPATINGA - Em 2010 a população do município foi contada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 239.177 habitantes, sendo o décimo mais populoso do estado e apresentando uma densidade populacional de 1.445,1 habitantes por km². Segundo o censo de 2000, 48,98% da população eram homens (104.089 habitantes), 51,02% (108.407 habitantes) mulheres, 99,25% (210.895 habitantes) vivia na zona urbana e 0,75% (1.601 habitantes) estavam na zona rural. Neste ano, a população ipatinguense era composta por 103.494 pardos (48,70%); 94.245 brancos (44,36%); 13.309 negros (6,26%); 529 indígenas (0,25%); 465 amarelos (0,22%); além dos 454 sem declaração (0,21%).

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) de Ipatinga é considerado elevado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Seu valor é de 0,806, sendo o trigésimo maior de todo estado de Minas Gerais (em 853), o 169° de toda a Região Sudeste do Brasil (em 1666 municípios) e o 445° de todo o Brasil (entre 5 507 municípios). Considerando apenas a educação o valor do índice é de 0,901, enquanto o do Brasil é 0,849. O índice da longevidade é de 0,787 (o brasileiro é 0,638) e o de renda é de 0,729 (o do Brasil é 0,723). A cidade possui a maioria dos indicadores elevados e todos acima da média nacional segundo o PNUD.

A renda per capita é de 25.577,18 reais, a taxa de alfabetização adulta é 92,90% e a expectativa de vida é de 72,24 anos. O coeficiente de Gini, que mede a desigualdade social é de 0,38, sendo que 1,00 é o pior número e 0,00 é o melhor. A incidência da pobreza, medida pelo IBGE, é de 15,81%, o limite inferior da incidência de pobreza é de 8,29%, o superior é de 23,33% e a incidência da pobreza subjetiva é de 11,21%. Em 2010, segundo o a Fundação Gorceix, instituição responsável por revisar e atualizar as Leis Complementares ao Plano Diretor do município, havia um déficit de 10 495 domicílios, enquanto que, naquele ano, 6 331 imóveis estavam desocupados.

VEJA mais PIONEIROS DE IPATINGA

ESTRUTURA URBANA

No ano de 2000, Ipatinga possuía 56.027 domicílios, entre apartamentos, casas, e cômodos. Desse total, 38.824 eram imóveis próprios, sendo que 36.467 eram próprios já quitados (65,09%); 2.357 próprios em aquisição (4,21%) e 11.607 eram alugados (20,72%); 5.440 imóveis foram cedidos sendo que 300 haviam sido cedidos por empregador (0,54%); 5.140 foram cedidos de outra maneira (9,17%) e 156 eram de outra forma (0,28%). 63.297 dessas residências localizam-se em área urbana e 438 na estão na zona rural.

O município conta com água tratada, energia elétrica, esgoto, limpeza urbana, telefonia fixa e telefonia celular. Em 2000, 85,34% dos domicílios eram atendidos pela rede geral de abastecimento de água; 97,75% das moradias possuiam coleta de lixo e 90,88% das residências possuiam escoadouro sanitário. Seu Índice de Gini é de 0,40. São recolhidos cerca de 640 ton/dia de lixo e a varrição atinge 100% das vias pavimentadas.

Veja mais: "CAUSOS E CURIOSIDADES DE IPATINGA"

Fonte: Ipatinga Cidade Jardim


 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br