Ipatinga, 26 de Maio de 2017
HISTÓRIA

ESTRUTURA URBANA

Transportes



Transporte aeroviário, ferroviário, rodoviário e urbano

Transporte aeroviário

Ipatinga conta com o Aeroporto da Usiminas (IATA: IPN, ICAO: SBIP), um dos maiores do estado. Apesar de pertencer à Usiminas e à cidade de Ipatinga, o aeroporto encontra-se no município de Santana do Paraíso, a 6 km do centro da cidade, atendendo não só às duas cidades, como também toda a Região Metropolitana do Vale do Aço, com voos diários para Belo Horizonte e outros destinos. O aeroporto mais próximo do aeroporto da Usiminas, é o Coronel Altino Machado de Oliveira, na cidade de Governador Valadares, localizada a cerca de 100 km de Ipatinga.

Há um projeto da Usiminas para a construção de uma nova unidade industrial em Santana do Paraíso. Se colocado em prática, o projeto prevê a destruição deste aeroporto, que seria substituído por um novo em Bom Jesus do Galho, no distrito de Revés de Belém. Mas por motivos ambientais a obra deve ser transferida para Belo Oriente. O projeto, entretanto, foi atrasado pela ocorrência da Crise econômica de 2008-2009.

Transporte ferroviário

Ipatinga possui uma estação ferroviária: a Intendente Câmara. Localizada a beira da BR-381, foi inaugurada em 18 de junho de 1960, tendo recentemente passado por uma grande ampliação de sua capacidade devido ao crescimento da população da cidade. Após essa reforma, a estação passou a ser uma das maiores da Estrada de Ferro Vitória a Minas. É importante ainda para a economia municipal, pois é uma alternativa para o escoamento da produção da Usiminas e recebimento de matéria-prima destinada à empresa. Com o projeto de expansão da Usiminas, houve a necessidade de aumentar a infraestrutura da estação e a construção de uma terceira linha na ferrovia.

Dentre as alternativas de transporte coletivo regulares, a EFVM é a via de viagem mais barata possível para várias cidades da Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte, Leste mineiro e Espírito Santo, como Belo Horizonte, João Monlevade, Governador Valadares, Resplendor, Baixo Guandu, Colatina, Região Metropolitana de Vitória, dentre outras cidades com estações.

Transporte rodoviário e urbano

O município possui fácil acesso à BR-458 e à MG-425 e tem acesso a rodovias de importância estadual e até nacional através de rodovias vicinais pavimentadas e com pista dupla, como a Avenida Pedro Linhares Gomes, trecho da BR-381. Em junho de 2011, a frota de veículos em Ipatinga era de 112 072 veículos, sendo 65 432 automóveis, 2 964 caminhões, 370 caminhões-tratores, 6 025 caminhonetes, 2 435 camionetas, 29 495 motocicletas, 561 ônibus, 464 micro-ônibus, 1 894 motonetas, entre outros. As avenidas duplicadas e pavimentadas melhoram o trânsito da cidade, possuindo maior movimento de carros e diversos semáforos. O crescimento no número de veículos de Ipatinga nos últimos dez anos está causando um tráfego cada vez mais lento de carros, principalmente na Sede do município. A cidade conta ainda com uma das maiores estações rodoviárias da região, localizada na Região Central da Cidade. É atendida com saídas diárias regulares para as principais cidades de Minas Gerais, e mesmo para fora do estado.

O transporte coletivo do município é feito por apenas uma empresa: a Autotrans (substituíndo a Viação Águia Branca), causando assim um monopólio. A Autotrans ainda atende os municípios vizinhos (Coronel Fabriciano e Timóteo). De acordo com dados da prefeitura, o sistema de transporte coletivo de Ipatinga é composto de 64 linhas com extensão de aproximadamente 670 km, utilizando uma frota de 117 veículos que transporta em média cerca de 1.286.000 milhões de passageiros por mês. A Univale Transportes interliga todo o Vale do Aço e parte do colar metropolitano.

VÍDEO: Aeroporto de Ipatinga I

VÍDEO: Aeroporto de Ipatinga II


 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br