Ipatinga, 25 de Fevereiro de 2021
NOTÍCIAS

Controle de gastos e otimização da máquina administrativa

- Cecília Ferramenta indica prioridades para o início da sua administração


A prefeita Cecília antecipou que vai revisar a concessão de bens públicos, como o Ipatingão

Na primeira entrevista à imprensa na prefeitura, na tarde desta quarta-feira (2), a prefeita Cecília Ferramenta (PT) falou sobre as prioridades neste início de mandato. Ela adiantou que não pretende divulgar “números detalhados da administração”. Segundo a prefeita, sua equipe de governo teve acesso aos dados somente às 12h de ontem.

Explicou que, cada secretário será responsável por levantar informações para mensurar o “tamanho da dívida herdada”, para que os trabalhos possam ser desenvolvidos. “Temos a auditoria como prioridade e tivemos uma reunião com os vereadores para tratar sobre a questão. Falamos sobre a reforma administrativa que pretendemos realizar, além da necessidade do remanejamento do orçamento do município que hoje é de 1%. Não pretendemos criar despesas e, sim, fazer adequações para que possamos trabalhar com melhores resultados”, disse.

Após visita à Suplan, localizada no bairro Cidade Nobre, no início da manhã do primeiro dia de seu governo, Cecília descreveu a situação como “deprimente”. Em seguida, ainda pela manhã, a prefeita saiu às ruas para acompanhar o início da operação tapa-buraco. Também foi iniciado o recolhimento de galhos de árvores tombadas pela última tempestade.

. Saúde

Sobre a Saúde, Cecília Ferramenta antecipou que a pasta vai merecer atenção especial. “Vamos sentar com o secretário Eduardo Penna para ver quais medidas serão tomadas. Os secretários de Fazenda e de Planejamento estão estudando a forma de pagamento do salário do mês de dezembro para os funcionários da Saúde, cuja dívida é de R$ 6 milhões e temos apenas R$ 200 mil em caixa. Vimos a situação das unidades de saúde, a questão do Samu, do Hospital Municipal e temos de atacar em várias frentes e o mínimo que pudermos fazer para colocar em funcionamento é o que faremos, o que certamente passa pelo atendimento das unidades de saúde, do hospital e o funcionamento do Samu”, avaliou.

Sobre a situação dos profissionais da Saúde, o secretário Eduardo Penna disse que, independentemente da forma de ingresso, será feito um trabalho atender a necessidade de pessoal no HMI. “A intenção é que, nos próximos dias, tenha uma solução para estabilizar o atendimento. O quadro é delicado e temos servidores sem pagamento, o que dificulta nosso trabalho, mas peço compreensão que tudo será feito para regularizar. Estamos conhecendo o tamanho da dívida com os fornecedores, porque não podem faltar, medicamento e material hospitalar”, ponderou Eduardo.

Sobre o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), ele acrescenta que será garantida a retomada da estrutura juntamente com o projeto de reforma administrativa que o governo mandará para a Câmara, sendo criada estrutura completa de gestão.

. Educação

A Educação também será revista, conforme explicou a prefeita. “Temos de ver a relação com a Câmara, onde precisamos fazer nova discussão da verba de remanejamento, nos reunimos com os novos vereadores e apresentamos a necessidade e a realidade do nosso município para fazermos a alteração no orçamento e também a questão da reforma administrativa que precisamos fazer”, citou.

A secretária da pasta, Márcia Leal, disse que tem ciência dos problemas dos últimos anos, e que um estudo é feito em busca de soluções e políticas públicas que garantam a qualidade da Educação. “Quanto aos problemas mais urgentes, teremos ações específicas e que estão sendo discutidas por um grupo de trabalho. Já sobre a relação trabalhista entre creches e PMI, questionada pelo Ministério Público do Trabalho, teremos assessoria do jurídico sobre como conduzir a situação. Veremos o que pode e deve ser encaminhado”, observou.

. Patrimônios

As prefeita Cecília Ferramenta disse, ainda, que toldo o patrimônio público cedido no fim do governo anterior, como no caso do Estádio Municipal Ipatingão, cujo Termo de Permissão de Uso foi passado o clube Ideal, será revisto. “Vamos revogar casos desse tipo, porque se é público, tem de ser de todos”, reiterou a prefeita.

Além da criação da Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã, não há previsão de criar novas secretarias. A discussão de assuntos como construção do Centro de Internação de Adolescentes (CIA), da guarda municipal, além da reativação sistema de monitoramento eletrônico Olho Vivo estarão sob a responsabilidade da nova pasta.

- Equipe de governo conta com nomes experientes e que já atuaram na PMI

Durante a coletiva, Cecília Ferramenta (PT) apresentou seu secretariado e o anúncio da criação de uma nova pasta, a Secretaria de Segurança e Convivência Cidadã, cujo titular será o vice-prefeito, Alfredo Ramalho (PRB), assim que a lei for sancionada. A criação da secretaria já havia sido anunciada durante a campanha eleitoral.

Dos nomes divulgados, a maioria é conhecida e já atuou em administrações petistas passadas como, Vicente Costa, Eduardo Penna, Lúcio Reis, Carlos Magno, Francisco Lima e José Maria Ferreira, que por muitos anos atuou na Secretaria de Obras e agora está de volta.

Outros eram cogitados antes mesmo da posse de Cecília Ferramenta, como o de Vasconcelos Lagares, o Vasco, que foi designado para a pasta de Assistência Social; Leida Tavares, que comandará a Secretaria Executiva; e o advogado Emílio Celso, que será procurador geral. Nomes que já atuaram em governos de Cecília e Chico Ferramenta (PT), também compõem a lista.

- Confira a lista dos nomes:

. Antônio Pirralho (Governo): Entre outras atribuições, é consultor em políticas públicas e presidente do PT de Ipatinga

. Emílio Celso Ferrer Fernandes (Procuradoria Geral): Advogado pós-graduado em Direito Penal Econômico

. Leida Tavares (Secretaria Executiva): funcionária efetiva da PMI, graduada em História; atua como professora da rede pública e nos movimentos sindicais

. Lúcio Reis (chefe da Assessoria de Comunicação): jornalista e servidor efetivo da PMI desde 1982

. Vicente Costa (Planejamento): advogado com especialização em poder Legislativo e professor universitário

. Leandro Medrado (Fazenda): graduado em Contadoria e Administração, com especialização em Administração Pública

. Samuel Gomes (Administração): Funcionário efetivo da PMI e graduado em Serviço Social, com especialização em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde e em Gestão Hospitalar

. Ricardo Coelho (gerente do Dataserv): graduado em Administração de Empresas e Ciências Contábeis, é funcionário efetivo da PMI

. Hélcio Muzzi (Desenvolvimento Econômico): graduado em Farmácia e em Administração de Empresas

. Eduardo Penna (Saúde): graduado em Ciências Econômicas e em Direito, é especializado em Gestão de Projetos de Investimentos em Serviços de Saúde

. José Maria Ferreira (Obras Públicas): engenheiro

. Francisco Lima (Serviços Urbanos e Meio Ambiente): engenheiro metalúrgico, trabalhou na Usiminas por 28 anos

. Márcia Leal (Educação): professora de Português aposentada pela rede municipal e graduada em Letras, com pós-graduação em linguística e bacharel em Direito

. Vasconcelos Lagares (Assistência Social): funcionário efetivo da PMI é licenciado em História e especialista em Metodologia de Ensino de História

. Carlos Magno Xavier Correa (Cultura, Esporte e Lazer): mestre em Educação Física, possui experiência em Gestão Pública na Área de Esporte e Lazer

. Sônia Assis (Assuntos Institucionais): atuou como assessora parlamentar e coordenou a agenda de campanha de Cecília Ferramenta

. Edilene Eufrásia Costa (chefe de Gabinete): Graduada em Serviço Social, com experiência em assessoria política. Atuou como cargo de confiança na Prefeitura de Santana do Paraíso




 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br