Ipatinga, 25 de Fevereiro de 2021
NOTÍCIAS

Ipatinga realiza etapa local da Conferência das Cidades

Evento realizado em Ipatinga elege delegados e propostas de sustentabilidade municipal a serem levadas para etapa estadual


Uma plateia representativa da sociedade acompanhou as atividades da Conferência das Cidades em Ipatinga (Crédito: Secom PMI/JBReis)

A prefeita Cecília Ferramenta destacou a participação popular na abertura da 5º Conferência Nacional das Cidades, evento que aconteceu na tarde desta segunda-feira (27), na Unipac, no bairro Bethânia. O encontro contou com a participação de representantes de vários segmentos sociais e dos poderes públicos municipais.

Na avaliação da prefeita, o momento é de retomada de projetos importantes para o desenvolvimento de Ipatinga. “A realização desta Conferência vem cercada de significados importantes para o presente e futuro de nossa cidade. Em primeiro lugar, simboliza a retomada direta da participação da população na definição das políticas públicas e dos investimentos promovidos em todas as regionais. Esta conferência abre um amplo processo de participação popular em nosso governo”, destacou Cecília Ferramenta.

Criado pelo Ministério das Cidades para consolidar a parceria entre os governos e a sociedade civil, o evento debateu proposta para a construção de um modelo de política urbana com a participação efetiva dos municípios. Durante a Conferência foram diagnosticados os problemas enfrentados no crescimento urbano de Ipatinga e sugeridas propostas para a diminuição da desigualdade social e o desenvolvimento funcional da cidade, sem degradar a natureza.

DEBATE

“O objetivo desse evento é fazer um grande debate de ideias e de compromisso do município com toda a sociedade”, comentou o secretário municipal de Planejamento, Vicente Costa. As propostas de desenvolvimento urbano de Ipatinga foram apontadas de acordo com quatro eixos: “Participação e controle social no Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano (SNDU)”; “Fundo Nacional de Desenvolvimento Urbano (FNDU)”; “Instrumentos e políticas de integração intersetorial e territorial”; e “Políticas de incentivo à implantação de instrumentos de promoção da função social da propriedade”.

As propostas aprovadas em Ipatinga foram incluídas num documento final, a ser encaminhado à Comissão Preparatória da etapa estadual da 5º Conferência das Cidades, que acontece em Belo Horizonte no mês de agosto. No encontro da capital mineira, a matéria será novamente debatida com a participação dos 18 delegados eleitos no final da tarde desta segunda-feira, durante a Conferência de Ipatinga.

Na etapa estadual serão eleitos os delegados que irão representar Minas Gerais na Conferência Nacional das Cidades, programada para novembro, em Brasília, quando deverão ser aprovadas as propostas de ação, programas e projetos que o Ministério das Cidades vai priorizar nos municípios brasileiros, entre 2014 e 2016.


 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br