Ipatinga, 13 de Agosto de 2020
NOTÍCIAS

Museu Padre de Man abre exposição com peças que compõem o Museu Vivo



Jeová Aguiar, mantenedor da Associação Cultural Museu Vivo

O Museu Padre de Man, do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste), inaugura nesta quinta-feira (13) uma exposição de peças do acervo pessoal do colecionador Jeová Aguiar, da Associação Cultural Museu Vivo, de Ipatinga. A exposição reúne objetos antigos que ajudam a contar um pouco da história da região que hoje conhecemos como Vale do Aço. A mostra estará aberta ao público até o próximo dia 28, na sede do museu, no campus de Coronel Fabriciano. A entrada é franca.

“Quando vim para Ipatinga, em 1980, ouvi as pessoas dizerem que a região não tinha história, que tudo começava com as empresas de siderurgia. Com o tempo, ouvindo relatos de moradores mais antigos, eu vi que isso não era verdade. O que não havia era o registro das histórias dos primeiros habitantes. Comecei, então, a reunir elementos que contassem a história desses personagens esquecidos”, diz o colecionador e comerciante Jeová Aguiar dos Santos, responsável pela Associação Cultural Museu Vivo.

A exposição que o Museu Padre de Man mostra ao público reúne cerca de 50 peças, parte do acervo mantido pelo colecionador, que tem aproximadamente 2 mil peças e utensílios que registram a história dos primeiros moradores da região: índios, boiadeiros, tropeiros, carvoeiros e outros.

Segundo Jeová Aguiar, a manutenção do acervo é uma forma de apresentar às novas gerações um pouco dos hábitos, profissões e costumes já extintos, que só podem ser recuperados pela história oral e por espaços como esse, que ele luta para preservar. “Tenho levado meu acervo a escolas, espaços culturais e exposições como forma de manter viva a história dos primeiros habitantes da região”, pontua o colecionador.

Na exposição do Museu Padre de Man estarão em destaque objetos feitos a partir de metais que caracterizam a região, como o cobre, bronze e aço. “Os visitantes podem reviver o passado vendo utensílios que mostram hábitos já extintos mas que já foram comuns na região, como o cinto de castidade, o penico e outros utensílios domésticos e ferramentas que marcaram um período histórico importante e ajudam a entender o que somos hoje”, conta.

. Espaços de divulgação da cultura regional

O Unileste mantém espaços de divulgação da cultura regional, como o Museu Padre de Man e a Galeria Espaço B. Os interessados em expor suas obras nesses locais podem fazer contato com a Assessoria de Eventos do Unileste, pelo telefone (31)3846-5531 ou pelo e-mail eventos@unilestemg.br. Os espaços são cedidos gratuitamente aos expositores, incluindo suporte técnico para a montagem das mostras.

Para outras informações sobre a Associação Cultural Museu Vivo, o contato pode ser feito diretamente com o colecionador e responsável pelo acervo, Jeová Aguiar dos Santos, pelo telefone (31) 8549- 8146.

. Serviço

13 a 28/6 – Exposição Cultural Museu Vivo

Museu Padre de Man, campus Coronel Fabriciano

Visitação aberta ao público com entrada franca

Horário: 9h às 21h


 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br