Ipatinga, 28 de Fevereiro de 2021
PERSONAGENS

PERPÉTUA RIBEIRO PINTO "Dona Zinha"



Dona Zinha é natural de Marliéria e se mudou para Ipatinga em 1952

Perpétua Ribeiro Pinto, a "Dona Zinha", como é conhecida por todos, nasceu no município de Marliéria no dia 11 de agosto de 1931. Veio para Ipatinga em 1952.

"Quando cheguei a Ipatinga, morei em um barracão, onde é hoje a Drogaria Márcio, no Centro da cidade. Meu marido, já falecido, na época trabalhava na carvoaria da Belgo-Mineira, que ficava localizada desde a ponte metálica até os Cordeiros (localidade conhecida antigamente como Garrafa e Garrafinhas). Ipatinga tinha, na época, uma casa grande perto do pontilhão, uma em frente à estação e, mais ou menos, outras cinco ou seis casas. Perto de minha casa, tinha uma enorme plantação de abóboras e mamão e, debaixo da casa, era comum a gente ver passar bichos como tatu, pacas etc. Eu tinha o curso de Contabilidade, feito em Nova Era, mas quando vim para Ipatinga, tive mesmo é que trabalhar na carvoaria, fazendo comida para os homens e até mesmo como motorista de caminhão de carvão, eu e um menino de dez anos de idade. Posteriormente, meu marido montou uma boate no Juá. O prédio que ficou conhecido como ‘cracolândia’ foi derrubado recentemente. Quando meu marido morreu, eu cuidava de três crianças, minha mãe e uma tia. Fui então trabalhar com a Dona Gemina Linhares, além de trabalhar pelo Estado, no curso de Madureza, com o professor Nery, e no Colégio São Francisco Xavier. A partir de 1967, fui trabalhar como inspetora no Colégio João XXIII, onde também tomava conta da cantina e da horta daquele estabelecimento. Meus alunos não me esquecem. Desde quando coloquei telefone em minha casa, nunca mudei o número, porque tem um monte de meninos no Canadá, Estados Unidos e outros países que sempre estão ligando para mim". No dia 30 de junho de 2001, merecidamente, Perpétua Ribeiro Pinto, a Dona Zinha, recebeu da Escola Estadual João XXIII, um diploma de "Honra ao Mérito", pelo destaque na construção da história daquele educandário.

Fonte: Coluna “IPATINGA ‘Cidade Jardim” 50 ANOS – Diário do Aço – 02/06/13




 

Copyright © 2012 Todos os Direitos Reservado - www.euamoipatinga.com.br
Eu Amo Ipatinga - E-mall : contato@euamoipatinga.com.br